Facebook
Top dos mais postadores
GusttaXD (92)
92 Mensagens - 39%
Ellesi (50)
50 Mensagens - 21%
-Cdrawer3 (18)
18 Mensagens - 8%
JoasLima (17)
17 Mensagens - 7%
-Amaral. (13)
13 Mensagens - 5%
11 Mensagens - 5%
B3STy (10)
10 Mensagens - 4%
10 Mensagens - 4%
9 Mensagens - 4%
7 Mensagens - 3%
Grupo Oficial
Grupo da Polícia Militar CNI®
É super importante que todos os policiais da CNI estejam no grupo!

Compartilhe
Ir em baixo
avatar
[CNI] Administrador
Mensagens : 92
Data de inscrição : 12/09/2017
Ver perfil do usuáriohttp://portalcni.forumeiros.com

Estatuto - Dr.Hayato

em Sex Maio 11, 2018 11:48 pm
POLÍCIA MILITAR
ESTATUTO MILITAR




As seguintes Regras de Empenhamento (RE) são incorporadas por seções e regem todas as áreas e todos os policiais. Qualquer policial que se junte à Polícia Militar concorda automaticamente com os termos aqui contidos. Todas as pessoas negligentes em cumprir com esses termos estão sujeitos a ações disciplinares. Todos e quaisquer conflitos encontrados com as seguintes seções devem ser levados diretamente à Supremacia.


CAPÍTULO 1 - Regras Básicas ®


ARTIGO 1. Todas as pessoas devem ser respeitadas. Em um esforço para manter o profissionalismo, todas as questões pessoais devem ser tratadas fora da Polícia Militar e do trabalho envolvendo a mesma. Todos os policiais devem ser imparciais e respeitosos em todos os momentos dentro ou fora dos quartos oficiais.

ARTIGO 2. Não faça flood, spam, inundações, propaganda ou qualquer outro método ou alternativa para o recrutamento e/ou interrupção de recrutamento. É extremamente proibido e isso se aplica a todos os quartos, públicos e privados da Polícia Militar, exceto com permissão especial do Supremo e/ou os grupos de atividades extras.

ARTIGO 3. Um trabalho militar indica fidelidade e não é limitado às forças policiais, etc. Ao envolver-se em outra policia, como negligência aos valores da lealdade e compromisso para o Polícia Militar - será demitido sem aviso prévio.

ARTIGO 4. É dever de todo Policial representar-se com elevados padrões quando usar o emblema da polícia fora ou não do BP. Em todos os momentos deve ser um representante da Polícia Militar, isto é, espera-se que um policial da PM use pelo menos missão e o emblema em todos os locais.

ARTIGO 5. A fim de manter a entrada rápida e quartos menos lotados, os membros da Polícia Militar são esperados para entrar na sede preparados para o trabalho. Da mesma forma, ficar no saguão sem contribuições trabalhistas é extremamente proibido. Todos os membros da Polícia Militar são obrigados a entrar no Batalhão com o emblema, uniforme e missão respectivos ao seu cargo.

ARTIGO 6. Para a segurança e outras razões, todos os membros da Polícia Militar são obrigados a ter uma página Habbo desbloqueada. Torna-se obrigatório "aparecer online" em todas as vezes que estiverem no Habbo Hotel. Ocultando o login, o policial será Advertido, de acordo com o cargo, sem aviso prévio.

ARTIGO 7. Como um membro da Polícia Militar, é uma responsabilidade manter-se de acordo com as Regras de Empenhamento, bem como manter os altos padrões estabelecidos. Um policial tem o dever de comunicar todas as violações da política ou procedimento para os responsáveis por manter a Polícia Militar em justiça para a ação adequada, e também informando a Corregedoria da PM que engloba o Alto-Escalão da PM.

CAPÍTULO 2 – Sistema hierárquico ®

ARTIGO 1: A hierarquia militar é a base da organização da Polícia Militar e compõe a cadeia de comando a ser seguida por todos os integrantes da polícia em sua estrutura organizacional. Na PM, a constituição prevê que a Supremacia exerce comando supremo da Polícia Militar.

A hierarquia dos cargos pagos são diferentes na nomenclatura, porém, todos possuem os mesmos direitos de acordo com as equivalências e restrições básicas que seguem neste documento.

Hierarquia para cargos não pagos: Soldado, Cabo, Sargento, Subtenente, Aspirante a Oficial, Tenente, Capitão, Coronel, General, Marechal, Comandante, Comandante-Geral.

Hierarquia dos cargos pagos: Juiz, Conselheiro, Promotor, Procurador-Geral, Desembargador, Vice-Presidente, Presidente, Vip, Acionista Majoritário, Chanceler

Cargos destaques: Supremo e Chefe-de-Polícia (superiores a Chanceler/Comandante-Geral e inferiores aos Chefe-de-Polícia).

ARTIGO 2: A hierarquia da PM divide-se em duas categorias dependendo da patente que cada policial exerce.
Os inferiores encontram-se entre Soldado a Marechal e os superiores entre Comandante e Comandante-Geral. O mesmo se dá para os cargos pagos, os inferiores encontram-se entre Juiz a VIP e os superiores entre Acionista e Chaceler.

Obs: A partir do cargo VIP é considerado superior, mesmo o cargo VIP sendo equivalente a Marechal.

ARTIGO 3: A forma de tratamento entre os policiais é ideal para a imagem da polícia Militar.

O respeito de um inferior por um superior ou vice-versa é fundamental. Dentro da base a forma de tratamento deve permanecer entre TODOS os policiais, independente do cargo:

° Inferior para Superior: Senhor (Patente) (Nick);
° Superior para Inferior: (Patente) (Nick);
º Permissões: Senhor (Patente) (Nick), permissão para (Ação)?



CAPÍTULO 3 – Promoções, Rebaixamentos, Advertências e Demissões ®

Todas as promoções possuem obrigatoriedades e restrições para que possam acontecer.

Artigo 1: Limite mínimo de treinamentos para promoções.

Soldado – 30 minutos de CAS para promoção;

Cabo – 3 dias (72 horas) de CFS para promoção;

Sargento – 4 dias (96 horas) de CCS para promoção;

Subtenente – 4 dias (96 horas) de Instrutor

Aspirante a Oficial – 6 dias (144 horas) de CAP;

Tenentes – 11 dias de Patente;

Capitães – 15 dias de Patente;

Coronéis – 17 dias de Patente;

Generais – Aprovação no Trabalho de Conclusão de Cargo (TCC);

Marechais - Aprovação do Alto-Escalão

Comandante - Aprovação da Supremacia

Comandante-Geral - Em ausência de 1 Supremo e/ou Chefe-de-Polícia, assumir a patente de Supremo-Interino se permitido pela fundação.

Aplicando as regras aos cargos pagos:

Por enquanto segue com os treinamentos dos Treinadores e Instrutores - A Escola de Formação de Oficiais (EFE) está em processo de elaboração.

A relação entre promotor e promovido também há restrições, ficando da seguinte forma:

Supremacia – Livre;

Comandante-Geral/Chanceler – Promovem até Marechal/Vip sem permissão;

Comandante/Acionista Majoritário - Promovem até General/Vice-Presidente sem permissão;

Marechal/ Presidente - Promovem até Capitão/Procurador-Geral sem permissão;

General/Vice-Presidente – Promovem até Capitão/Procurador-Geral sem permissão;

Coronel/Desembargador e Capitão/Procurador-Geral – Promovem até Aspirante/Conselheiro sem permissão;

Tenente – Promove até Subtenente sem permissão;

Aspirante a Oficial/Subtenente - Promovem até Sargento, com permissão de um oficial.

Obrigatoriedades para promoções em geral:

Cargos pagos devem obrigatoriamente ter tido concluído seu Treinamento de patente para efetuar promoções.
Tenentes devem obrigatoriamente ser Instrutor para promover.

Obs; Os cargos que possuem treinamentos só podem ser promovidos após realiza-los e obter os dias necessários;

Advertências, rebaixamentos e demissões.

Somente Comandantes podem mandar/autorizar postar uma promoção/advertência/rebaixamento ou demissão;

Somente o cargo de Comandante-Geral acima poderá aplicar 2 advertências pelo mesmo motivo a um policial;

As advertências são cumulativas e só podem ser canceladas pelo autor da mesma até 7 dias após a postagem. Passando esse prazo, apenas o Alto-Escalão e/ou a Supremacia poderá cancelar uma advertência escrita.

Existem 3 métodos de todas as advertências serem canceladas, que são:

1. Passagem de cargo/promoção;
2. Receber 3 advertências e como resultado um rebaixamento; Ao ser rebaixado, as 3 perdem a validade.
3.Caso um policial receba a 1ª advertência e durante 3 semanas não seja punido novamente, a advertência perderá sua validade; Caso receba a 2ª advertência dentro desse período, a regra não mais será válida e só poderá perde-las com 1 mês e 15 dias meses (a partir da data da primeira punição);

Obs: Um policial só poderá aplicar uma advertência quando o advertido estiver ciente da punição.

CAPÍTULO 4 – Cargos Pagos ®


Artigo 1: Preço dos cargos executivos e suas equivalências:

Chanceler =  17 Raros / 7 Staff's
Acionista Majoritário. = 15 Raros / 7 Staffs.
Presidente. = 13 Raros /5 Staffs.
Vice-Presidente. = 11 Raros /3 Staffs.
Embaixador. = 8 Raros.
Desembargador. = 7 Raros.
Procurador-Geral. = 6 Raros.
Promotor. = 4 Raros.
Conselheiro. = 2 Raros.
Juiz. = 1 Raro.

Agora, suas equivalências:

Chanceler = Comandante-Geral
Acionista Majoritário = Comandante

Presidente = Marechal.
Vice-Presidente = General.
Embaixador = Coronel.
Procurador-Geral  = Capitão.
Promotor  = Tenente.

Conselheiro = Aspirante.
Juiz. = Subtenente.

CAPÍTULO 5 – Sub. e Companhias ®


Art. 1: Intrutores/Treinadores - O objetivo dos Instrutores e Treinadores é ensinarmos aos nossos policiais assuntos importantes como: história, nossas regras e como trabalhar nas funções;

Art. 2: Promotoria de Eventos - O objetivo da Promotoria é  promover diversão entre os militares;

Art. 4: Centro de Recursos Humanos - O objetivo do Centro de Rec. Humanos, é atualizar a listagem de todos os militares da empresa;

Art. 5: Supervisores -  O objetivo da supervisão é verificar se todos os Praças estão capacitados de acordo com os treinamentos;

Art. 6: Ordem Militar - O Objetivo da Ordem Militar é transpassar conhecimentos não transmitidos pelas outras Companhias, treinando e formando militares capacitados.

Art. 7: Corregedoria - O objetivo da Corregedoria é manter a paz, a ordem e a justiça na PM;

Artigo único – Grupos:

O grupo ★ POLÍCIA MILITAR ★ Empregos é OBRIGATÓRIO e todos os membros da PM devem possuir, desde o cargo superior ao mais inferior. Este emblema só deve ser usado como favorito para entrar nos quartos pelos Soldados.

Os policiais devem utilizar seus grupos de ACESSO GERAL como favorito, sendo: Corpo de Oficiais, Corregedoria, Instrutores, Treinadores, Ordem Militar e Supervisores;

Os líderes e vice-líderes podem utilizar como favorito o grupo de sua atividade extra.


CAPÍTULO 6 – Direitos ®

ARTIGO 1: Os direitos serão entregues a policiais (capitães acima) de confiança dos Supremos da PM.
ARTIGO 2: Não são todos os cargos pagos que estão aptos para obter direitos.
ARTIGO 3: Quem usar os direitos indevidamente, perderá os direitos, além de ser punido.
ARTIGO 4: Está permanentemente proibido pedir direitos. Se ocorrer um caso deste, o superior tem permissão de puni-lo com advertência escrita. Se persistir, demissão.
ARTIGO 5: Direitos em emblemas oficiais da polícia são entregues pela Supremacia ou pelo responsável  grupo. Nenhum policial pode dar direitos administrativos sem permissão, exceto líderes de grupos (Cia's e cargos).


CAPÍTULO 7 – Uniformes e acessórios/cabelos permitidos ®

ARTIGO 1: Dentro da PM, todos que tem uniforme definido devem usá-lo.
ARTIGO 2: Quem for visto dentro da PM sem uniforme será punido sem aviso prévio.
ARTIGO 3: Existem uniformes tanto para CE quanto CDO com exceção de Presidente acima e Comandante acima.

VERIFIQUE O UNIFORME NA ÁREA DE ANEXOS.


CAPÍTULO 8 –Batalhões e suas divisões ®

O Quartel está dividido em várias partes, sendo que todas elas estão responsáveis por quem está no comando PRINCIPAL, sendo ele o OFICIAL de GUARDA, conhecido como: [OG].

ARTIGO 1: Operações das funções e seus permissores:

Operadores 1, 2 e 4: Cabos/Juízes acima com CFC/EFE.

Operador 4: Sargentos/Juízes com CFC/EFE

Auxiliar de Operador: Subtenentes/Juízes acima.

Comando das de Organizações:

Oficial de Guarda: Capitães acima.

Oficial de base: Aspirantes acima.

Sentinelas: Instrutores (Subtenentes+).

Ouvidoria Interna: Corregedores, Alto-Escalão (Portador de direitos administrativos).

ARTIGO 3: Nas salas de superiores que ficam na parte elevada do quarto é permitida a estadia de Embaixador acima (cargos executivos) e tenentes acima (cargos não pagos).
ARTIGO 4: Somente o maior cargo presente e portador de direitos administrativos em emblemas poderá ficar de pé e auxiliar a base. O maior cargo poderá dar permissão caso um inferior que possua direitos administrativos desejar auxiliar a base.
ARTIGO 5: Sussurros na sala de ausência será considerado infração, resultando em kike.
ARTIGO 6: As cabines que interligam a base com outros quartos da polícia estão localizados no setor próximo a sala de ausência, sendo eles:

1 - Corredor Principal
2 - B.P 1, 2, 3 ou B.A. (Depende da base em que estiver).

Essas cabines são para o uso interno da polícia. As salas que as cabines ligam, são utilizadas em decorrente de alguma reunião, aula ou troca de base. Não é permitido ficar ausente nestes quartos. Caso for encontrado algum policial ausente, será punido sem aviso prévio.

Falas e representações de cada comando:

Sentinela; Cinza
Oficial de Guarda; Amarelo
Oficial de Base; Vermelho
Auxiliar de Operador; Cinza


CAPÍTULO 9 – Pagamentos ®

ARTIGO 1: Policiais de patente independente recebem pagamentos, caso tenha sido escolhido dentre os que realmente ajudam em base.
ARTIGO 2:Todo pagamento é efetuado no dia 05 do determinado mês para todos os cargos e também no dia 20 do determinado mês.
ARTIGO 3: O salário dos cargos pagos é o mesmo dos cargos não pagos, tudo de acordo com as equivalências de cada cargo da hierarquia.


CAPÍTULO 10 – Estrelas nas boinas e siglas ®

As siglas são abreviações de funções e treinamentos na Polícia Militar.

SIGLAS OFICIAIS DE TREINAMENTOS

[CAS] – Curso de Aperfeiçoamento de Soldados
[CFC] – Curso de Formação de Cabos
[CFS] – Curso de Formação de Sargentos
[CCS] – Curso de Conclusão para Sargentos
[TEG] - Treinamento de especialização Geral

SIGLAS OFICIAIS DE Sub e funções

Instrutores

[INS] - Instrutor
[M.INS] - Ministro dos Instrutores
[Vl.INS] - Vice-Líder dos Instrutores
[L.INS] - Líder dos Instrutores

Treinadores

[TRE] - Treinador
[M.TRE] - Ministro dos Treinadores
[Vl.TRE] - Vice-Líder dos Treinadores
[L.TRE] - Líder dos Treinadores

Supervisores

[SUP] - Supervisor
[M.SUP] - Ministro dos Supervisores
[Vl.SUP] - Vice-Líder dos Supervisores
[L.SUP] - Líder dos Supervisores

Ordem Militar

[AOM] - Aplicador
[M.OM] - Ministro dos Supervisores
[Vl.OM] - Vice-Líder dos Supervisores
[L.OM] - Líder dos Supervisores

Corregedoria

[COR.I] - Corregedor Interino
[COR] - Corregedor
[M.COR] - Ministro da Corregedoria
[VP.COR] - Vice-Presidente
[P.COR] - Presidente

Essas siglas são oficiais da polícia, caso algum policial seja pego usando algum tipo de sigla que não seja oficial, será punido.

As estrelas nas boinas significam que você exerce alguma atividade na PM ou possui algum treinamento.

Obs: Estrelas de treinamentos são obrigatórias quando o policial não possuir atividade extra. Se possuir, o policial deverá utilizar a estrela de sua atividade, caso ela seja representada por estrela colorida. Essa regra foi feita apenas para inferiores, superiores não são obrigados a utilizar estrelas de treinamento/atividade.


CAPÍTULO 10 – Sistema de promoções ®

Soldado – Cabo



Ter um bom rendimento na recepção;

Mostrar respeito com seus superiores e novatos na polícia;

Ortografia apresentável;

Falar sempre em negrito;

Possuir no mínimo 30 minutos de CAS


Cabo - Sargento:



Ter no mínimo 3 dias de sua Instrução para Cabos (SEG);

Ter um excelente atendimento na recepção;

Ter uma ortografia razoável;

Ter um bom comando na sala de recrutas;

Operar bem as alavancas 1, 2 e 4;


Sargento - Subtenente:



Ter um bom trabalho nas tarefas gerais da base;

Ter 4 dias de CCS;

Ter uma ótima ortografia;

Ser efetivo principalmente nas alavancas e ter um bom comando da recepção;

Excelente comando nas recepções;


Subtenente - Aspirante-à-Oficial:



Possuir 6 dias de instrução CAS;

Aprovação no Teste de admissão de Instrutores;

Ter uma presença representativa nas bases;

Bom comando O.B, entre as demais tarefas em base;

Ter postura ao assumir comandos e lidar com inferiores;


Aspirante-a-Oficial - Tenente:



Excelente comando O.B;

Ter uma atitude respeitosa e formal com todos;

Ter um excelente trabalho nas restantes tarefas da base;

Ter sido aprovado na instrução CAP;

Ter um grande interesse por aulas, treinos e rondas;

Não misturar amizade com trabalho;

Ser um ótimo Instrutor;

Ter uma ótima ortografia;


Tenente - Capitão:



Ter um excelente comando em todas as funções;

Ter uma excelente ortografia;

Conseguir lidar e impor respeito;

Interesse em dar suporte aos inferiores;

Possuir 11 dias de instrução TEG;

Ter postura e dar exemplo aos demais policiais;


Capitão - Coronel:



Ter pelo menos 15 dias de patente;

Ter um magnífico comando em todos os setores da base;

Ser presente em base e/ou sua atividade extra (Principalmente como Instrutor);

Respeitar e adquirir posição de respeito na polícia com seus companheiros;

Manter-se em elevados padrões em todos os locais reservados à polícia;

Ser um [INS] obrigatoriamente;



Coronel - General:



Excelente comando geral da base;

Ter interesse em aulas/treinos/rondas/atividades extras;

Saber lidar com as situações diversas da polícia;

Possuir no mínimo 17 dias na patente;

Excelente ortografia;

Conhecimento geral do estatuto da polícia;

Impor e dar o devido respeito a inferiores/superiores;

Ter aprovação no TCC;


General - Marechal:



Ter um comando impecável em todos os setores da polícia;

Ser um bom Oficial;

Saber impor respeito na polícia e tomar decisões imparciais;

Saber agir com educação; ser direto e definitivo no que falar;

Aprovação na Fase de Testes;

Manter-se em elevados padrões dentro ou fora da polícia;

Não envolver-se em assuntos que dispõe das amizades;

Ter uma excelente participação nas promoções dos inferiores;

Saber incentivar e dar suporte a quem for necessário;

Ter um ótimo conhecimento do estatuto;


Marechal - Comandante:



Conseguir agir como um superior, principalmente em suas decisões;

Fazer da Polícia Militar seu local prioritário;

Saber lidar em todas as situações da Polícia;

Ser participativo;

Contribuir com ideias;

Aprovação da Supremacia;

Ter todos os requisitos dos demais cargos da hierarquia inferior;


Comandante - Comandante-Geral


Ser o cérebro da Polícia;

Ter aprovação da Supremacia;


CAPÍTULO 11 – Ausência/Aval ®


A Polícia Militar não permite que seus membros se ausentem de suas atividades sem permissões. Caso isso aconteça, os policiais serão rebaixados por ausência de acordo com as regras abaixo mencionadas.

10 dias de ausência – Demissão para Cabos
08 dias de ausência – Demissão para Sargentos
07 dias de ausência – Rebaixamento para subtenentes acima
03 dias de ausência – Advertência escrita para tenentes acima
30 dias de ausência – Demissão para cargos pagos superiores

Para que os policiais possam permanecer ausentes de suas atividades no habbo sem receberem punições, a polícia Polícia dispõe de um sistema de aval concedido pela direção através do nosso site.

Regras:

Apenas Capitães acima podem solicitar avais.
1. O prazo máximo de aval a ser solicitado periodicamente é 30 dias. Caso o policial precise de mais tempo, deverá solicitar através de aval secundário no final do período solicitado anteriormente.
2. Durante o período ativo do aval é proibido entrar no habblet e ocultar o login. Caso entre, o aval será cancelado e se houver ausência em base, será rebaixado.
3. Um Capitão acima só tem direito a 3 Semanas dias de aval durante um período de 21 dias. Caso seja solicitado mais do que isso dentro do período de 21 dias será RECUSADO.

Este é um sistema que terá como alvo formar Oficiais Superiores de qualidade. Os coronéis são os mais preparados para exercer essa etapa. Então, este TCC irá propor uma tarefa para todos os coronéis da polícia, eles deverão formular uma tese muito coerente e explicativa para os Diretores visarem e ver se o tal Coronel tem uma postura e uma capacidade adequada de um superior. Concluindo isso, o Coronel terá uma melhor aprovação para seu próximo cargo e terá a confiança dos superiores para impor suas ideias.


CAPÍTULO 12 – TCC – Trabalho de Conclusão de Cargo ®

Como irá funcionar o TCC:

O Generall deverá formular uma tese, ou seja, um trabalho. Nesta tese, deverá haver a elaboração de sua vista sobre a empresa e de autoria própria. Vale lembrar que, quanto mais conteúdo de qualidade for apresentado, mais vantagem o General terá. Todo esse processo será acompanhado por um Corregedor. No final do trabalho, o General deverá apresentar seu projeto para os Ministros da Corregedoria.


CAPÍTULO 13 – Comandos e recrutamento ®

A Polícia Militar adota como comandos oficiais:

Sentido – Posição de respeito em pé ao maior superior presente na base, anunciado pelo oficial de comando;

Atenção – Comando de anúncio, dar-se-á como o comando anterior, apenas por membros da direção acima.

Silêncio – Comando ordenado pelo receptor do sentido imobilizando as atividades gerais da base (este comando só pode ser anunciado juntamente com o sentido ou atenção)

Apresentar-armas – Comando de punição geral ou individual por irregularidades de acordo com o regulamento disciplinar.

Continência – Comando de cumprimento a superiores quando necessário.

À vontade – Comando de liberação às atividades através do superior receptor do comando ‘Sentido’. (Este comando só poderá ser anunciado após encerramento do comando Sentido)

Quando um superior entrar em base, o sentido será prestado ao mesmo, os demais superiores que estiverem na base deverão prestar continência. Assim que finalizarem, o superior que estiver recebendo o sentido deverá também acenar uma vez e então, dar o 'À vontade'.


CAPÍTULO 14 – Atividades extras e suas permissões ®

ARTIGO 1: Todos os policiais poderão participar de até 3 funções extras além dos Instrutores, independente da patente.

ARTIGO 2: Tudo que for modificado ou implantado nos grupo terá de ter a permissão da Supremacia ou do responsável pelas lideranças.

ARTIGO 3: Os únicos policiais que podem interferir nos grupos são aS upremacia ou o responsável pelas lideranças.

ARTIGO 4: Auxílio e Vice-Liderança de um grupo é considerado extra, independente da denominação inicial da função.

ARTIGO 5: O policial que adentrar-se nos grupos, deve estar ciente de todas suas responsabilidades e, uma vez não cumpridas, arcará com as penalidades do grupo, conforme previsto no presente documento.

ARTIGO 6: Cada líder é responsável pelo seu grupo, exercendo apenas sua função e não outras.



Esse estatuto está sob a jurisdição do Estado-Maior  da Policia Militar. Todos os direitos reservados ©️

Estatuto criado por rodrigoeuka (Br), revisado e editado por Dr.Hayato.  Atualizado em Maio de 2018 por Dr.Hayato e GusttaXD ®️

_____________________________________________________
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum