Estatísticas
Temos 108 usuários registradosO último usuário registrado atende pelo nome de yAgOBeZOs nossos membros postaram um total de 298 mensagensem 65 assuntos
Top dos mais postadores
JoasLima (111)
111 Mensagens - 44%
GusttaXD (70)
70 Mensagens - 28%
Ellesi (13)
13 Mensagens - 5%
12 Mensagens - 5%
12 Mensagens - 5%
11 Mensagens - 4%
yShotX (10)
10 Mensagens - 4%
7 Mensagens - 3%
4 Mensagens - 2%
4 Mensagens - 2%
Quem está conectado
1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum

Ver toda a lista


Compartilhe
Ver o tópico anteriorIr em baixoVer o tópico seguinte
avatar
[CNI] Dono Supremo
Mensagens : 111
Data de inscrição : 13/09/2017
Idade : 16
Ver perfil do usuário

Estatuto Militar Oficial.

em Sex Set 22, 2017 3:44 am
ESTATUTO MILITAR DA POLÍCIA CENTRO NACIONAL INVESTIGATIVO










• Nesta primeira Cláusula de Iniciação estarão os 21 artigos dentro de capítulos que, devem ser seguidos rigidamente por todos os militares. Do Recruta à Supremacia.










Capítulo I - Generalidades.












Artigo 1º: - O sistema Policial Centro Nacional Investigativo tem com objetivo transformar cidadãos melhores e de boa índole propagando o respeito para com seus superiores dentro e fora do jogo. Tem também, juntamente, o objetivo de verificar os membros do Habblet Hotel.


Artigo 2º: - Todos os artigos e parágrafos deste documento que se referem à moral e a ética são impostos fora e dentro de todos quartos Oficiais da polícia CNI.


Artigo 3°: - Todas as regras citadas nesse documento deverão ser seguidas com rigidez por seus oficiais de forma educada e coesa.










Capítulo II - Ofícios.












Artigo 4º: - Para assumir o compromisso de ser um policial é necessário que haja total comprometimento com a Polícia Centro Nacional Investigativo e, portanto, é proibida a presença em qualquer outro emprego policial ou militar.


Artigo 5º: - Dentro de qualquer dependência/quartos da polícia Centro Nacional Investigativo obrigatório o uso do grupo (emblema), missão e fardamento, desde que os mesmos estejam de acordo com a sua patente atual. Sendo proibido, portanto, entrar no batalhão sem os três requisitos obrigatórios.


Artigo 6º: - Todos os Executivos ativos da Centro Nacional Investigativo, NÃO são obrigados a permanecer em base o dia todo, ou maior parte dele, porém você só será promovido se mostrar interesse no que faz, portanto é necessário presença significativa no batalhão policial.










Capítulo III - Fórum.












Artigo 7°: - O Fórum em ativo ''portalcni.forumeiros.com'' é propriedade da polícia Centro Nacional Investigativo. Todas as normas presentes neste Estatuto incluem-se igualmente ao fórum.




Artigo 8°: - As TAG's encontradas na missão de cada Praça/Oficial/Supremacia pertencem a Polícia Centro Nacional Investigativo. Refere-se à identificação do Nick do policial que o promoveu, facilitando assim o rastreamento do policial pelo Centro de Recursos Humanos (CRH).










Exemplo: [CNI] Cmg. [TAG]/ [CNI] Cel. [TAG]










Capítulo IV - Hierarquia.












Artigo 9º: - A polícia CNI consiste de uma hierarquia cujo o nome é dado de Corpo Militar. A seguir, estão a sequência correta do Recruta ao Alto Comando.


CORPO INICIAL


Rct. Recruta


CORPO DE PRAÇAS


Sd. - Soldado
Cb. - Cabo
Sgt. - Sargento
Sbt. – Sub-Tenente
Aspira. – Aspirante à Oficial


CORPO DE OFICIAIS


Ten. - Tenente
Cpt. – Capitão
Mjr. - Major
Cel. - Coronel
Gal. – General
Mal. - Marechal


ALTO ESCALÃO


Cmd. - Comandante
Co-Ger. - Comandante-Geral


SUPREMACIA


Smo. - Supremo


DS. - Dono Supremo  




Artigo 10º: - É obrigatório o uso de abreviação da patente do policial de acordo com o artigo anterior, a partir do momento em que estiver direcionado sua palavra ao mesmo, sempre se baseando na forma de tratamento dentro da polícia CNI.


Artigo 11º: - Contratação atual da polícia CNI vai de Soldado à Capitão, seguindo os padrões das funções nas patentes, com o currículo coerente e seu conhecimento testado. 
Observação: É extremamente proibido a contratação de um civil sem ele saber as devidas funções no qual o cargo foi dado ou por nepotismo.


Artigo 12º: - O Dono Supremo/Governante. É a autoridade máxima do Centro Nacional Investigativo, tem direito de tomar qualquer atitude perante a corporação.


Artigo 13º: - Todos os rebaixamentos ou promoções devem ser realizados de maneira legal e legítima. De maneira que não haja quaisquer tipos de privilégios ao policial promovido e ao policial promotor. O descumprimento desse artigo fará o policial ser sujeito a punições.


Artigo 14°: - Todas as demissões também deveram ser realizadas de maneira legal e legítima, conforme é descrito no Documento de Punição. De maneira que o policial promotor da baixa tenha provas e motivos suficientes para o ato de severa punição. O policial demitido terá direito de recorrer a um Oficial superior a patente do policial, caso tenha razão, ou em casos extremos à Corregedoria da Central Intelligence Agency.


Artigo 15º: - Os membros do Corpo de Praças da polícia CNI só podem promover/rebaixar/demitir cargos do mesmo Corpo, com autorização de um Oficial. Em caso de promoções no Corpo de Oficiais, só poderão promover/rebaixar/demitir cargos deste mesmo Corpo, com autorização de um Corregedor+. Para o Corpo de Praças, exceto em casos de insubordinação ou qualquer crime previsto nesta Constituição, onde o policial pode rebaixar/demitir qualquer subalterno com autonomia, não será necessário pedi permissão, e sim, o total conhecimento no Código Penal Militar. (Documento Oficial da polícia CNI)


Artigo 16º: - Para que o Policial realize uma promoção/rebaixamento/demissão, o mesmo deverá possuir bons motivos, baseados na moral e ética do bom policial.


Artigo 17º: - O alto comando não têm a obrigatoriedade do uso de fardamento militar dentro do batalhão, devem manter um padrão de roupa formal. 










Capítulo V - Companhias.










Artigo 18: As Companhias são grupos internos da CNI. Cada uma delas tem uma função específica dentro da polícia. Algumas designarão funções como aplicar aulas, fiscalização de regras, etc. Dentro de uma companhia, o militar irá ter oportunidades para desenvolver a sua honra e ética perante a realização de suas funções. Sendo assim, podendo até ser gratificado como um militar medalhista através de conquistas realizadas dentro da companhia em que faz parte. Existem dois tipos de Companhias: A privada e a pública. 


Artigo 19º: - É extremamente importante a aplicação de aulas, no âmbito social da polícia CNI de no mínimo quatro (4) aulas por semana. A contrariedade desta regra poderá causar a exclusão do militar na presente companhia em que está.












Capítulo VII - Demais artigos.












Artigo 20º: O sentido deverá ser dado à maior patente presente em Batalhão Policial, caso não haja o Alto Comando. Portadores de medalhas e o Alto Comando recebem sentido, os sentidos devem ser executados sem a necessidade de perguntas. 


Artigo 21º - Todos acessórios que fogem do padrão militar da polícia Centro Nacional Investigativo são proibidos.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Cordialmente, Dono Supremo JoasLima da POLÍCIA CNI ®️.











°Dono Supremo Da Polícia CNI

°Líder-Geral do CRH

°Comandante do GATE (01)

°P2 e I.M

°Alto Escalão

°Técnico do Fórum





#CAVEIRA!






''Por um futuro com paz e justiça, feita por mãos limpas''
Ver o tópico anteriorVoltar ao TopoVer o tópico seguinte
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum